Winamp Logo
Semana em África Cover
Semana em África Profile

Semana em África

Portuguese, Political, 1 seasons, 70 episodes, 11 hours 13 minutes
About
Aos sábados, o resumo da actualidade africana que destacámos ao longo da semana.
Episode Artwork

Guiné-Bissau: Detenção Bamba Bandjai expõe divisões no Madem

Na Guiné-Bissau, esta semana, a actualidade ficou marcada pela detenção, por algumas horas, do deputado Bamba Bandjai, depois do ex-ministro da Defesa, o general Sandji Fati, ter apresentado uma queixa contra o deputado do Madem-G15, acusando-o de ser responsável por várias mortes de responsáveis políticos e militares no país. Em Angola, o Serviço de Investigação Criminal continua a investigar as circunstâncias da morte do líder da Associação Íris Angola (movimento LGBTQIP+), Carlos Fernandes, encontrado sem vida em casa.Em Moçambique, o Centro de Integridade Pública revelou uma fraude milionária no processo de aquisição do Fundo para Fomento de Habitação, resultando em perdas significativas para o Estado moçambicano, estimadas em cerca 14 milhões de dólares norte-americanos.Em Cabo Verde, a companhia de bandeira-TACV- vai voltar a realizar os voos internos. A decisão foi tomada pelo governo face aumento da procura pelas ligações inter-ilhas.Em São Tomé e
02/03/202410 minutes 3 seconds
Episode Artwork

Moçambique: novos ataques terroristas em Cabo Delgado

A actualidade desta semana ficou marcada por novos ataques terroristas em Cabo Delgado, no norte de Moçambique, e, por isso, milhares de pessoas continuam a chegar à sede distrital de Chiúre, em Cabo Delgado, mas também à vila de Namapa, na província vizinha de Nampula, no norte do país. A população teme que os terroristas protagonizem novos ataques contra as comunidades.  O chefe de Estado denunciou ainda, esta semana, a existência de um plano falhado dos terroristas para o recrutar crianças e jovens para as suas fileiras em vários distritos da província de Cabo Delgado.Filipe Nyusi justifica assim o último ataque terrorista ocorrido a 20 de Fevereiro, ao posto administrativo de Ocua, no distrito de Chiúre. As autoridades estão a acompanhar com muita atenção e preocupação a situação em Cabo Delgado e o Presidente da República já ordenou mesmo o reforço de ações de patrulhamento na fronteira com a Tanzânia para evitar que os terroristas entrem no país. O executivo moça
23/02/202411 minutes 9 seconds
Episode Artwork

Carnaval, instabilidade no Senegal e preparação da cimeira da União Africana marcam semana

O Carnaval agitou o início da semana em Angola e em Cabo Verde. Já no Senegal a situação continua sob tensão, com o país mergulhado numa grave crise política desde que o Presidente Macky Sall decidiu unilateralmente adiar as eleições presidenciais. Em Addis Abeba, na Etiópia, desenrolou-se esta semana o conselho executivo da União Africana que prepara a reunião dos líderes africanos que acontece este fim de semana.
16/02/20249 minutes 40 seconds
Episode Artwork

A semana em que o Senegal mergulhou para uma crise política inédita

Neste recapitulativo desta semana em África, o destaque vai para o Senegal cujo Presidente, no final da semana passada, anunciou a sua decisão de adiar as presidenciais que estavam inicialmente previstas para o dia 25 de Fevereiro. Esta decisão qualificada pela oposição de "golpe constitucional", foi validada na segunda-feira pelos deputados da maioria presidencial, sem os votos dos parlamentares da oposição retirados à força do hemiciclo. Durante esta mesma sessão conturbada as presidenciais foram agendadas para o dia 15 de Dezembro.Esta situação não deixou de gerar preocupação, nomeadamente na União Africana, nos Estados Unidos e na CEDEAO que, num primeiro tempo, reclamaram o diálogo e a organização de eleições o mais rapidamente possível. Numa nova tomada de posição durante a semana, a CEDEAO exigiu a reposição imediata do calendário eleitoral inicial.Cabo Verde, um dos países membros da CEDEAO, deu conta da sua preocupação perante
09/02/20249 minutes 31 seconds
Episode Artwork

Moçambique: Novos ataques extremistas em Cabo Delgado

Pelo menos duas pessoas morreram e outra foi raptada, no distrito de Macomia, no norte de Moçambique, num novo ataque realizado por extremistas na província de Cabo Delgado. O auto-proclamado Estado Islâmico anunciou, através de canais de propaganda, fazer uma “viagem de pregação” em Cabo Delgado e acusa o exército moçambicano de massacres contra muçulmanos na província no norte do país. Fontes oficiais informaram que terroristas decapitaram um cidadão de 41 anos e torturaram outros dois na aldeia de Pulo, no distrito de Metuge, em Cabo Delgado, no norte de Moçambique.Na cerimónia de abertura do ano lectivo de 2024, que arrancou esta quarta-feira, o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, pediu "ponderação e diálogo" aos professores. As declarações acontecem numa altura em que as manifestações de professores se multiplicam. A classe docente reclama o pagamento de horas extraordinárias ou ainda melhores condições de trabalho. O porta-voz da associação do
02/02/20248 minutes 9 seconds
Episode Artwork

Antony Blinken faz périplo por África com passagens por Cabo Verde e Angola

A actualidade desta semana ficou marcada pelo périplo africano do secretário de Estado norte-americano. O responsável americano esteve na Costa do Marfim, na Nigéria e também em dois países lusófonos: Cabo Verde e Angola. Em Luanda, no Centro de Ciência, Antony Blinken enalteceu o reforço da cooperação bilateral, nomeadamente, na área espacial e na luta contra os efeitos da seca. Osvaldo Mboco, especialista em Relações Internacionais ligado à Universidade Técnica de Angola, analisou o impacto desta visita, que segundo defendeu, serve para contra-balançar o peso crescente que a China tem tido no continente e em Angola. Um peso que tem estado a diminuir, dando lugar a novas parcerias com os Estados Unidos como a gestão do corredor do Lobito. Na Guiné-Bissau, o Presidente Umaro Sissoco Embaló considerou que os jornalistas são da “oposição” e ameaçou acabar com as entrevistas a “analistas políticos” sobre a situação política do país. O chefe de Estado guineense diz
26/01/20247 minutes 9 seconds
Episode Artwork

Guiné-Bissau " Legislativas devem realizar-se entre Outubro ou Novembro"

Neste programa, olhamos para as últimas declarações do Presidente Umaro Sissoco Embaló que anunciou que as eleições legislativas devem realizar-se entre Outubro ou Novembro deste ano. Em, Angola Isabel dos Santos acusou a justiça portuguesa de cumprir a agenda de Luanda. Em Moçambique, Juliano Picardo vai concorrer, pela segunda vez, à liderança da Renamo, juntando-se a Venâncio Mondlane e Elias Dhlakama Na Guiné-Bissau, o chefe de Estado disse esta sexta-feira, 18 de Janeiro, que as eleições legislativas deverão decorrer entre Outubro e Novembro deste ano. Umaro Sissoco Embaló reiterou que “não fechou o parlamento” porque “não é polícia, carcereiro que tem a chave ou portador da chave do parlamento”.Em Angola, Isabel dos Santos, filha do antigo Presidente José Eduardo dos Santos, acusou a justiça portuguesa de cumprir a agenda de Luanda, no caso que tem a ver com o arresto dos bens da empresária, no processo relacionado com a gestão da Sonangol.<p
19/01/20248 minutes 44 seconds
Episode Artwork

Remodelação governamental em São Tomé, manifestações em Bissau e fim da malária em Cabo Verde

Esta semana em África, o Governo de São Tomé e Príncipe foi remodelado, manifestações foram impedidas na Guiné-Bissau e Cabo Verde é oficialmente um país libre de malária. A Guiné Bissau começou a semana com manifestações contra a actual situação política do país que acabaram por ser dispersadas pela polícia. Pelo menos três pessoas ficaram feridas e outras sentiram-se mal devido à inalação do gás lançado pelas forças de ordem. Alguns dias depois, a coligação Plataforma Aliança Inclusiva (PAI) - Terra Ranka, que organizou essa manifestação, realizou uma conferência de imprensa na sede do PAIGC. Em entrevista à RFI, o secretário de Comunicação e Informação do principal partido da coligação, o PAIGC, Muniro Conté, lamentou que a CEDEAO esteja a proteger o Presidente Umaro Sissoco Embaló.Já em São Tomé e Príncipe, a semana começou agitada com uma remodelação governamental de fundo, com 13 ministros a serem substituídos. O analista político Danilo Salvaterra conside
12/01/20248 minutes 58 seconds
Episode Artwork

Moçambique: Auditoria revela desvio nos fundos destinados à Covid-19

Uma auditoria do Tribunal Administrativo de Moçambique detectou um desvio de 24 milhões de euros nos fundos desembolsados em 2021 pelo Estado para prevenção e mitigação da pandemia de covid-19. Estrela Charles, investigadora para a área de despesa e orçamento de estado do Centro de Integridade Pública refere que o CIP já tinha alertado para o risco de irregularidades. Em Moçambique, uma auditoria do Tribunal Administrativo de detectou um desvio de 24 milhões de eurosnos fundos desembolsados em 2021 pelo Estado para prevenção e mitigação da pandemia de covid-19.  A auditoria revelou, ainda, que foram feitos pagamentos indevidos no valor de mais 1,1 milhão de euros e despesas não elegíveis no valor de 354 mil Euros.Estrela Charles, investigadora para a área de despesa e orçamento de estado do Centro de Integridade Pública refere que o CIP já tinha alertado para o risco de irregularidades.Os partidos políticos da oposição em Moçamb
29/12/20238 minutes 41 seconds
Episode Artwork

Governo de iniciativa presidencial na Guiné-Bissau

O novo governo, liderado por Rui Duarte Barros, é composto por 24 ministros e 9 secretários de Estado.O executivo conta com nomes como Carlos Pinto Pereira, do PAIGC, que é reconduzido na pasta da diplomacia, Botche Candé, que regressa ao posto de ministro do Interior, e Soares Sambu, antigo chefe da Casa Civil da Presidência da República, que passa a ocupar o cargo de ministro da Economia. As Nações Unidas seguem com "preocupação" os acontecimentos no país.  Angola anunciou, na quinta-feira, a saída da OPEP, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo. Diamantino de Azevedo, ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, sublinhou que esta foi uma decisão ponderada.A saída acontece depois de há cerca de um mês, Luanda ter rejeitado uma redução da quota de produção de petróleo, decidida pela OPEP.Em São Tomé e Príncipe, a justiça condenou o único arguido civil dos acontecimentos de 25 de Novembro de 2022. Bruno Afons
22/12/20237 minutes 46 seconds
Episode Artwork

Crise política na Guiné-Bissau continua a marcar a actualidade

Neste programa, olhamos para os últimos dias na Guiné-Bissau cuja crise política continua a preocupar dentro e fora de fronteiras. O Presidente da República reconduziu Geraldo Martins como primeiro-ministro e disse que vai formar “brevemente” um novo “governo de iniciativa presidencial”. Em Moçambique, a Frelimo venceu na repetição das eleições autárquicas em quatro municípios, apesar da contestação da oposição. Em Angola houve nova greve de enfermeiros em Luanda. 
15/12/20237 minutes 53 seconds
Episode Artwork

Guiné-Bissau mergulhada em nova crise política

Esta semana, a Guiné-Bissau mergulhou numa nova crise política, depois de, na segunda-feira, o Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, ter decidido dissolver o Parlamento e convocar eleições antecipadas. Sissoco assumiu as pastas do Interior e da Defesa, atribuindo as pastas da Economia e Finanças a Geraldo Martins, que se manterá primeiro-ministro até ao chefe de Estado encontrar outro líder para o governo guineense. Esta decisão surge depois dos confrontos entre a polícia e os militares, que tiveram lugar a 30 de Novembro e 01 de Dezembro, data em que dois militares perderam a vida. Os momentos de tensão surgiram depois da detenção provisória do ministro da Economia e das Finanças, Suleimane Seide, e do secretário de Estado do Tesouro, António Monteiro, que acabaram por ser libertados por militares, mas que acabaram por ser reconduzidos depois à prisão.Perante este cenário, o chefe de Estado dissolveu o Parlamento devido àquilo que considerou ser um alegado go
09/12/20238 minutes 42 seconds
Episode Artwork

Confusão na Guiné-Bissau e repetição das eleições em Moçambique

Esta semana na actualidade africana ficou marcada por um tiroteio na Guiné-Bissau devido à detenção de dois membros no governo, com a repetição das eleições em quatro autarquias em Moçambique causam polémica em Moçambique. Na Guiné-Bissau, a madrugada de sexta-feira foi marcada por um tiroteio em Bissau, após a detenção provisória do ministro da Economia e das Finanças e do secretário de Estado do Tesouro no âmbito de um processo relacionado com pagamentos a empresários. Tanto o ministro Suleimane Seidi como o secretário de Estado António Monteiro foram libertados por militares e na manhã de sexta-feira foram novamente reconduzidos à prisão.O governo acusou, entretanto, o batalhão do Palácio Presidencial de ter usado a força de forma “desproporcional e despropositada” após confrontos com a Guarda Nacional relacionados com a detenção de dois membros do executivo.Pelo menos duas pessoas terão morrido nas trocas de tiros que se ouviram na capital e duas ficaram fer
01/12/20239 minutes 7 seconds
Episode Artwork

Conselho Constitucional proclamou resultados das autárquicas moçambicanas

O Conselho Constitucional proclamou esta sexta-feira a Frelimo, partido no poder, vencedora das eleições autárquicas de 11 de Outubro em 56 municípios, contra os anteriores 64, com a Renamo a vencer quatro, e mandou repetir eleições em quatro.  Segundo o director-geral do Centro de Integridade Pública de Moçambique, Edson Cortês, a demora na publicação dos resultados finais mostra que houve "fraude". "Só quem acredita na independência do Conselho Constitucional é que podia esperar resultados diferentes", lamenta.Esta semana, o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, pediu “decisões” sobre a capacidade de resposta das Forças Armadas em Cabo Delgado, nomeadamente com reservistas, na perspectiva da retirada a prazo das forças estrangeiras que apoiam o exército moçambicano na luta contra os grupos terroristas.O Instituto Nacional de Gestão de Risco de Desastres de Moçambique diz que 800.000 pessoas podem ser afectadas por factores climatéricos extrem
24/11/202310 minutes 9 seconds
Episode Artwork

Guiné-Bissau assinalou 50 anos de independência

Neste programa, voltamos aos temas que marcaram a semana. Destaque para as cerimónias oficiais dos 50 anos de independência na Guiné-Bissau e para Moçambique onde agentes da polícia disparam balas verdadeiras numa manifestação pacífica e feriram gravemente sete membros da Renamo. Por outro lado, olhamos para Angola que discute o Orçamento Geral do Estado 2024 e Cabo Verde que voltou a participar na Web Summit.  Esta semana a actualidade fica marcada pelas cerimónias oficiais dos 50 anos de independência na Guiné-Bissau, com representantes de 26 países. O evento decorreu no Dia das Forças Armadas guineenses, apesar de a independência ter sido declarada em 24 de Setembro de 1973.No seu discurso, o presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, disse que "a Guiné-Bissau conseguiu ganhar visibilidade internacional positiva" nos últimos três anos, ou seja, o período desde que é Presidente, acrescentando que "a Guiné-Bissau mudou pela positiva". Por sua vez, o primeir
17/11/20238 minutes 22 seconds
Episode Artwork

Moçambique: Polícias vão ser ouvidos por violência em protestos

A Ministra da justiça de Moçambique responsabilizou os agentes da polícia que dispararam mortalmente contra cidadãos que participavam nas manifestações de protesto contra os resultados das eleições autárquicas. Helana Kida defendeu que as pessoas que foram identificadas devem ser responsabilizadas, sublinhado, não ter ainda acesso aos processos. A ministra da justiça de Moçambique não avançou com o número de pessoas que perderam a vida nas manifestações. O governo moçambicano fala em dois óbitos, enquanto a sociedade civil contabiliza pelo menos seis vítimas mortais.Esta semana, os partidos extra-parlamentares contestam os resultados divulgados pela Comissão Nacional de Eleições, que dão vitória à Frelimo nas eleições autárquicas, e pedem a dissolução da Comissão Nacional de Eleições e do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral. O presidente da União Eleitoral, Hipólito Couto, defendeu que as eleições autárquicas não foram livres justas e muito menos transparen
10/11/20238 minutes 49 seconds
Episode Artwork

Moçambicanos voltam à rua para exigir "verdade eleitoral"

Neste programa, voltamos aos temas que marcaram o continente africano nos últimos dias. Em Moçambique, milhares de pessoas protestaram esta quinta-feira, 2 de Novembro, em Maputo, contra os resultados das sextas eleições autárquicas. Mais do que exigir a reposição da justiça eleitoral, a Renamo quis mostrar que as manifestações não são actos ilegais, nem violentos. Milhares de moçambicanos voltaram a sairam às ruas da capital para protestaram contra os resultados das sextas eleições autárquicas realizadas no dia 11 de Outubro. Os resultados das eleições autárquicas, apresentados pela Comissão Nacional de Eleições de Moçambique, indicam uma vitória da Frelimo, partido no poder, em 64 das 65 autarquias do país, enquanto o MDM ganhou na Beira. O presidente do MDM, Lutero Simango, foi esta semana à Procuradoria-Geral da República para “pressionar” o Ministério Público a investigar “ilícitos eleitorais” denunciados pelo partido e relacionados com as autárquicas.Ainda esta s
03/11/20238 minutes 30 seconds
Episode Artwork

Moçambique: Oposição contesta resultados provisórios das autárquicas

Neste programa olhamos para a divulgação dos resultados provisórios das eleições autárquicas pela Comissão Nacional de Eleições de Moçambique e para as reacções das principais forças partidárias. De acordo com os resultados provisórios da Comissão Nacional de Eleições, a Frelimo, partido no poder em Moçambique, venceu em 64 das 65 autarquias, enquanto o MDM, terceiro maior partido, ganhou apenas na Beira.O secretário-geral do partido, Roque Silva, afirmou que a Frelimo vai aguardar com tranquilidade o anúncio oficial dos resultados, sublinhando que o processo de confirmação dos resultados ainda não terminou.Roque Silva felicitou o partido MDM pela vitória na cidade da Beira, adiantando que a Frelimo dará a sua "contribuição na assembleia municipal" da cidade.Por sua vez, o MDM, terceiro maior partido de Moçambique, afirmou que o processo eleitoral ficou marcado por “várias irregularidades”. O presidente do MDM, Lutero Sim
27/10/20237 minutes 55 seconds
Episode Artwork

Eleições autárquicas moçambicanas envoltas em polémica

Bem vindos a mais uma Semana em África. A actualidade desta semana ficou marcada pela polémica em torno das eleições autárquicas em Moçambique. Na passada segunda-feira, o consórcio "Mais Integridade" considerou que o escrutínio foi marcado por graves irregularidades e que, deste modo, comprometem a credibilidade dos resultados que dão vitória à FRELIMO nas 64 das 65 autarquias do país. O consórcio salienta ainda que o processo "não foi justo e muito menos transparente".  No decurso da semana, a Renamo prometeu lutar nos tribunais para contestar os resultados intermédios anunciados e os protestos nas ruas têm vindo a multiplicar-se.A Comissão Nacional de Direitos Humanos salientou, entretanto, que os actos ilícitos e as irregularidades detectadas durante as sextas eleições autárquicas revelaram a fraca capacidade dos órgãos eleitorais em lidar com o processo.Em Angola, A UNITA deu oito dias para que a presidente da Assembleia Nacional, Carolina Cerqueira, se ret
20/10/20238 minutes
Episode Artwork

Moçambique à espera dos resultados das autárquicas

Neste programa, voltamos aos temas que marcaram a semana. Destaque para as eleições autárquicas em Moçambique e para o sorteio do CAN2024. Por outro lado, olhamos para as reacções africanas à guerra entre Israel e o Hamas. A guerra entre Israel e o Hamas preocupa África, mas poucos países se pronunciaram abertamente sobre o tema. A União Africana apelou ao fim do conflito e pediu à comunidade internacional para assumir as suas responsabilidades na paz e para garantir os direitos dos povos israelita e palestiniano.Também a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral apelou à contenção entre as partes envolvidas no conflito. O posicionamento da SADC consta de uma Declaração assinada pelo Chefe de Estado angolano, João Lourenço, na qualidade de presidente em exercício da organização regional. A SADC pediu à comunidade internacional para apoiar Israel e a Palestina com ajuda humanitária, especialmente junto das vítimas e dos deslocados internos abrigad
13/10/202311 minutes 29 seconds
Episode Artwork

Cabo Delgado prepara-se para eleições autárquicas

Neste programa, vamos até Cabo Delgado, no norte de Moçambique, seis anos depois do ataque a Mocímboa da Praia e a poucos dias das eleições autárquicas. Em São Tomé e Príncipe, começou o julgamento do único civil acusado do assalto ao quartel das Forças Armadas de 25 de Novembro do ano passado e na Guiné-Bissau há acordo quanto ao preço do pão. Recorde aqui alguns momentos da semana em África. Esta quinta-feira, fez seis anos que se registou o primeiro ataque, no distrito de Mocímboa da Praia, na província de Cabo Delgado, por grupos armados que, desde então, vêm aterrorizando o norte do país. O conflito fez um milhão de deslocados desde 2017, de acordo com o Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, e cerca de 4.000 mortes, segundo o projecto de registo de conflitos ACLED. O administrador do distrito de Mocímboa da Praia, Sérgio Domingos Cipriano, disse acreditar que as “acções dos terroristas” estão na fase final e que estão criadas condições locais para a vot
06/10/202311 minutes 9 seconds
Episode Artwork

Semana em que o Presidente da Guiné-Bissau anunciou ser candidato a um segundo mandato

Confira aqui o magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias africanas que marcaram as nossas antenas. Semana em que o Presidente da Guiné-Bissau anunciou a sua candidatura aum segundo mandato.Semana de arranque da campanha eleitoral para as autárquicas em Moçambique. Semana em que Angola recebeu a visita do secretário da Defesa norte-americano.Semana em que o governo de Cabo Verde declarou situação de calamidade na Brava, São Filipe e Santa Catarina.Semana em que em São Tomé e Príncipe estava previsto arrancar o julgamento do único civil arguido no caso do ataque ao quartel militar. Confira aqui o magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias africanas que marcaram as nossas antenas. 
29/09/20238 minutes 17 seconds
Episode Artwork

África quer mais representatividade nas Nações Unidas

Confira aqui o magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias africanas que marcaram as nossas antenas. Teve início esta semana a Assembleia Geral das Nações Unidas. Em Nova Iorque, Moçambique pediu mais financiamento para combater o terrorismo. Angola apelou a mais representatividade africana nas Nações Unidas.São Tomé e Príncipe lembrou o preço demasiado elevado das consequências das alterações climáticas para os estados que menos poluem.Guiné-Bissau alertou para “o ressurgimento de golpes de estado e o retrocesso da democracia e do Estado de Direito em alguns países” da sub-região da África Ocidental.Até esta sexta-feira o primeiro-ministro de Cabo Verde ainda não tinha subido à tribuna da Assembleia Geral das Nações Unidas. Confira aqui o magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias africanas que marcaram as nossa
22/09/202313 minutes 27 seconds
Episode Artwork

Catástrofes naturais abalam continente africano

Esta semana, as atenções estiveram voltadas para a Líbia onde as cheias já fizeram cerca de 6 mil mortos e o número pode chegar aos 20 mil, avançam as ONG internacionais. Em Marrocos, um sismo de 6,8 na escala de Richter fez cerca de 3 mil motos, feriu mais de 5 mil e destruiu cidades. As fortes chuvas trazidas pela tempestade Daniel provocaram inundações calamitosas em vários pontos do leste da Líbia.  Duas barragens em Wadi Derna colapsaram e libertaram 33 milhões de metros cúbicos de água. Seis mil pessoas perderam a vida, mas as organizações internacionais dizem que o número pode chegar aos 20 mil.Em Marrocos, um sismo de 6,8 na escala de Richter fez cerca de de 3 mil pessoas, feriu mais de 5 mil e destruiu cidades.De acordo com o Instituto Geológico norte-americano, teve como epicentro a região de Ighil, a cerca de 70 quilómetros a sudoeste da cidade de Marraquexe e foi sentido inclusivamente em Portugal e Espanha.E
15/09/20238 minutes
Episode Artwork

Emergência climática marcou agenda africana

Esta semana, as atenções estiveram voltadas para a emergência climática com a Cimeira Africana do Clima, no Quénia. No Gabão, o general Brice Nguema tomou posse como Presidente de transição e nomeou o líder da oposição como primeiro-ministro. Na Guiné-Bissau, o Presidente Umaro Sissoco Embaló empossou dois novos responsáveis para a sua segurança e disse "que está na moda os chefes de segurança presidencial fazerem golpe", mas avisou que qualquer movimento suspeito terá uma "réplica adequada". Esta semana, o Quénia foi palco da Cimeira Africana do Clima que culminou com a adopção da Declaração de Nairobi que representa a posição conjunta do continente africano no combate às alterações climáticas. O Presidente moçambicano foi um dos que participou na cimeir
08/09/20238 minutes 43 seconds
Episode Artwork

A semana em que os militares derrubaram o poder de Ali Bongo no Gabão

Neste recapitulativo da Semana em África, demos destaque ao Gabão que foi palco na quarta-feira de um golpe de Estado contra o Presidente Ali Bongo. Pouco depois de ter sido anunciada a sua vitória com mais de 64% dos votos nas presidenciais do passado fim-de-semana, Ali Bongo, foi derrubado por um grupo de militares. No poder durante 14 anos, depois do próprio pai -Omar Bongo- ter estado igualmente na chefia do Estado durante mais de 40 anos, o Presidente gabonês foi detido e os órgãos de soberania dissolvidos.Na sequência do golpe, os militares que tomaram o poder prolongaram até nova ordem o recolher obrigatório já prevalecente e designaram como presidente de transição o general Brice Oligui Nguema que deve ser investido na segunda-feira. A partir da sua residência onde foi colocado sob vigilância, o Presidente deposto pediu ajuda à comunidade internacional.Este que foi o 8° golpe de Estado em África desde 2020 foi condenado por vários países e instituições,
01/09/202313 minutes 26 seconds
Episode Artwork

São Tomé e Príncipe acolhe cimeira da CPLP e seis países aderem aos BRICS

São Tomé e Príncipe acolhe a cimeira da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. As políticas para a juventude serão a prioridade da presidência rotativa de dois anos do arquipélago. Ainda esta semana, em Joanesburgo, decorreu a cimeira dos BRICS que se traduziu pelo adesão de seis países, o Egito, a Etiópia, o Irão, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos e a Argentina, a partir de 1 de Janeiro de 2024. Esta semana, em Joanesburgo, decorreu a cimeira dos BRICS, o bloco juntando o Brasil, Rússia, India, China e a África do Sul. A reunião traduziu-se pelo alargamento do bloco a dois países africanos, o Egito e a Etiópia, para além do Irão, da Arábia Saudita, dos Emirados Árabes Unidos e da Argentina, a partir de 1 de Janeiro de 2024.Este alargamento é visto como "uma alternativa" ao peso geopolítico e económico dos Estados Unidos e da Europa, explica o analista político angolano José Gama, em entrevista à RFI."
25/08/20239 minutes 26 seconds
Episode Artwork

Angola aos comandos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral

Nesta Semana em África, destaque para Angola que assumiu a presidência rotativa da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e que é a candidata da região à presidência da União Africana em 2025. Na CEDEAO, uma eventual intervenção militar no Níger não é unânime e Cabo Verde manifestou-se contra. A semana foi ainda marcada por um novo drama de migrantes no mar, desta vez ao largo de Cabo Verde. E em Moçambique, a greve dos médicos continua. Angola assumiu, esta quinta-feira, a presidência rotativa da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC). Em Luanda, na cimeira de Chefes de Estado e de Governo, os Estados-membros indicaram Angola como o candidato da SADC para assumir a presidência da União Africana no ano de 2025, quando se comemoram os 50 anos da independência angolana.No final do encontro, o Presidente João Lourenço, que é agora o presidente em exercício da SADC até Agosto de 2024, resumiu que "a cimeira abordou exaustiva
18/08/202311 minutes 36 seconds
Episode Artwork

A semana em que tomou posse o novo PM da Guiné e em que a CEDEAO decidiu mobilizar tropas

Esta semana foi dominada pela tomada de posse de Geraldo Martins como novo primeiro da Guiné-Bissau, e por outro lado, as tentativas de diálogo, até agora sem efeito, da CEDEAO com a junta militar que tomou o poder no Níger. No recapitualtivo desta semana em Africa, um dos assuntos centrais foi a nomeação e tomada de posse de Geraldo Martins, como novo primeiro-ministro. Antigo ministro da economia e finanças, Geraldo Martins foi escolhido pela coligação PAI-Terra Ranka vencedora das legislativas de Junho, e confirmado neste cargo pelo Presidente da Republica. Após tomar posse na terça-feira, o novo chefe do governo da Guiné-Bissau disse aceitar o desafio por saber que pode contar com o apoio de Umaro Sissoko Embalo e prometeu envidar esforços para uma convivência institucional serena.O outro assunto que dominou as atenções nestes últimos dias foi o Níger, no centro de intensas discussões esta semana na sequência do golpe de estado militar do 26 de Julho e da detenção,
11/08/202311 minutes 21 seconds
Episode Artwork

Contagem decrescente para fim de ultimato da CEDEAO no Níger

No Níger, este domingo termina o prazo do ultimato da CEDEAO aos responsáveis pelo golpe de Estado para restaurarem a ordem constitucional. Em Moçambique, foi aprovado o adiamento das eleições distritais de 2024 e o governo anunciou que vai contratar provisoriamente 60 médicos para minimizar o impacto da greve no sector. Em Cabo Verde, a protecção dos dados pessoais marca o debate, com o Presidente da República a denunciar a existência de perfis falsos com o seu nome no Facebook. Nesta “Semana em África”, começamos com o tema que continua a marcar a actualidade no continente. No Níger, termina este domingo o prazo do ultimato dado pela CEDEAO aos responsáveis pelo golpe de Estado para restaurar a ordem constitucional. Recordo que os líderes da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental admitiram o "uso da força" para repor a ordem e impuseram sanções.Em Moçambique, a Assembleia da República aprovou, est
04/08/20239 minutes 49 seconds
Episode Artwork

Comunidade Internacional condena golpe de Estado no Níger

O Níger, país minado por ataques de grupos ligados ao  Estado Islâmico e à Al-Qaeda, foi palco, esta semana, de um golpe de Estado. Os militares golpistas anunciaram a destituição do governo, a dissolução da constituição, o encerramento das fronteiras e a detenção do Presidente Mohamed Bazoum. O golpe de Estado já foi condenado pela comunidade internacional que exige que o Níger regresse à ordem constitucional. O golpe de Estado no Níger foi condenado pela comunidade internacional. A União Africana, França, EUA e a União Europeia condenaram a acção e apelaram à libertação do Presidente e da família. O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, também “condenou firmemente a mudança anticonstitucional do governo". A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental exigiu “a libertação imediata do Presidente Mohamed Bazoum”, equacionado avan
28/07/20237 minutes 56 seconds
Episode Artwork

Governo moçambicano longe de resolver  greve da classe médica

Esta semana, o governo moçambicano acusou os médicos de não estarem a prestar os serviços mínimos. À saída da 25ª sessão do conselho de ministros, o executivo prometeu aplicar sanções. A Associação Médica reage às ameaças e garante que os médicos estão a prestar os serviços mínimos. O presidente do Movimento Democrático de Moçambique apelou a um diálogo franco e aberto entre o governo moçambicano e a classe médica, para resolver a greve destes profissionais, iniciada em 10 de Julho. Com a paralisação de 21 dias, prorrogáveis, a classe contesta os cortes salariais com a aplicação da nova tabela e a falta de pagamento de horas extras.Activistas moçambicanas defenderam um maior envolvimento das mulheres na vida política moçambicana. Em causa está o facto de apenas sete mulheres constarem dos mais de 100 cabeças-de-lista, aprovados este mês pelas principais forças políticas do país para as autárquicas de Outubro. A activista social moçambi
21/07/20238 minutes 59 seconds
Episode Artwork

A semana em que o antigo ministro moçambicano das finanças foi extraditado para os EUA

Bem-vindos ao magazine Semana em África, uma rubrica dedicada aos acontecimentos que marcaram a actualidade no continente africano. Começamos este olhar pela actualidade no continente africano com a notícia da extradição do antigo ministro das finanças de Moçambique, Manuel Chang, que foi extraditado da África do Sul para os Estados Unidos. No local o dirigente é acusado de estar envolvido no escândalo das dívidas ocultas. Entretanto antigo ministro compareceu na primeira audiência perante a justiça norte-americana nesta quinta-feira, onde se declarou inocente. Em Moçambique arrancou oficialmente na segunda-feira a greve dos médicos. Com uma duração prevista de 21 dias, ou seja, até ao final do mês, a paralisação da classe exige mel
14/07/20237 minutes 29 seconds
Episode Artwork

Sissoco Embaló lembra "o Presidente da República é o chefe"

Confira aqui o Magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias sobre o continente africano que marcaram as nossas antenas.  Esta semana, o Presidente da Guiné-Bissau, lembrou que é o "chefe" mesmo numa futura coabitação. Umaro Sissoco Embaló diz que de acordo com a Constituição do país, o Presidente tem a última palavra e, mesmo numa situação de coabitação, em que o Governo não tem a mesma cor política que o Presidente, o "chefe" continua a ser ele.Entretanto, a coligação vencedora das eleições legislativas na Guiné-Bissau interpôs um requerimento no Supremo Tribunal de Justiça a exigir a antecipação da data da tomada de posse dos novos deputados.De Angola, a descoberta de quatro casos de gripe A em Luan
07/07/20238 minutes 13 seconds
Episode Artwork

Angola: Cimeira de Luanda exige retirada de todos os grupos armados da RDC

Começamos este olhar pela actualidade no continente africano a começar por Angola, onde a capital Luanda acolheu uma Cimeira quadripartida na terça-feira sobre a República Democrática do Congo. Estiveram reunidos os chefes de Estado e representantes de distintas comunidades regionais que exigiram a retirada de todos os grupos armados do país. O brigadeiro Manuel Correia de Barros, especialista angolano de assuntos político-militares, considera que este encontro foi importante, mas não deixa de sublinhar que o andamento do processo de paz depende também e sobretudo da boa vontade das partes directamente envolvidas.Em Moçambique a questão dos recursos naturais continua a ser tema de debates. Hermenegildo Mulhovo, director do Instituto para a democracia multipartidaria (IMD), uma organização da sociedade civil, estima que a maioria dos moçambicanos não beneficia dos ganhos resultantes da exploração
30/06/20237 minutes 46 seconds
Episode Artwork

O fim do processo de desarmamento e desmobilização em Moçambique

Esta semana a actualidade no continente africano ficou marcada pelo fim do processo de Desarmamento e Desmobilização em Moçambique. O longo processo coincide com o encerramento da última base da antiga guerrilha da Renamo. Ossufo Momade, líder da Renamo, estima que as discórdias devem ser eliminadas para que uma paz efectiva seja alcançada. O Presidente da República, Filipe Nyusi, celebrou este feito histórico, reiterando a necessidade de reintegrar os beneficiários do DDR.Por outro lado a justiça neerlandesa condenou nesta terça-feira a empresária angolana Isabel dos Santos e alguns dos seus colaboradores por gestão danosa e falsificação de documentos devido ao desvio de 52,6 milhões de euros da Sonangol. Estes casos em que Isabel dos Santos está envolvida não têm, para já, fim à vista, como refere Celso Filipe, director adjunto da redacção do diário português "Jornal de Negócios”.Na Guiné-Bissau o impasse político continua da
23/06/20235 minutes 53 seconds
Episode Artwork

A semana em que foi encerrada a última base militar da Renamo em Moçambique

A actualidade desta semana ficou marcada pelo encerramento da última base militar da Renamo, em Vunduzi, no distrito de Gorongosa, na província de Sofala, Moçambique, no âmbito do programa DDR (Desarmamento, Desmobilização e Reintegração). Para o Presidente da República, Filipe Nyusi, e também para o Presidente da Renamo, Ossufo Momade, tal representa um passo rumo à reconciliação e pacificação do país.  Esta semana ficou ainda marcada pela troca de farpas entre o Presidente guineense, Umaro Sissoco Embaló, e Domingos Simões Pereira, líder do PAIGC e da coligação PAI Terra Ranka, coligação vencedora das eleições legislativas do passado dia 04 de Junho. O chefe de Estado discordou da visão de Domingos Simões Pereira sobre os poderes definidos pela Constituição. Apesar deste momento de tensão, os diferendos parecem já ter ficado para trás. Os dois<s
16/06/20237 minutes 27 seconds
Episode Artwork

Coligação PAI-Terra Ranka vence legislativas na Guiné-Bissau

Começamos este olhar pela actualidade no continente africano com a Guiné-Bissau, onde o PAI-Terra Ranka ganhou as legislativas com maioria absoluta, Conseguiu 54 dos 102 lugares do Parlamento. Domingo Simões Pereira, o líder da coligação, acredita que a Guiné-Bissau "está a viver uma nova página na história política do país". A Guiné-Bissau viveu uma semana de expectativa até serem conhecidos os resultados provisórios das legislativas de domingo. Na quinta-feira, um dias depois do que tinha sido previsto,<sp
16/06/20238 minutes 14 seconds
Episode Artwork

Guiné-Bissau: guineenses observam dia de reflexão antes das eleições de domingo

Começamos este olhar pela actualidade no continente africano a começar pela Guiné-Bissau que vai a votos neste domingo para eleições legislativas antecipadas, cumprindo-se neste sábado o dia de reflexão. Em Moçambique o chefe de Estado Filipe Nyusi reuniu-se com o Ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, nesta quarta-feira. Este encontro ficou marcado pela reactivação da formação militar entre os dois países, suspendida há cinco anos, e o reforço no apoio ao combate ao terrorismo na província de Cabo Delgado, no norte do país.Em Angola o governo aprovou o fim dos subsídios à gasolina nesta quinta-feira. Manuel Nunes Júnior, ministro do Estado para a coordenação económica, justificou esta medida na sequência do Conselho de ministros. Esta medida que entrou em vigor à meia-noite provocou enormes filas para o abastecimento de combustíveis com o
02/06/20238 minutes 44 seconds
Episode Artwork

Guiné-Bissau contrai empréstimo para garantir legislativas

As eleições legislativas na Guiné-Bissau estão previstas para dia 4 de Junho. O governo guineense está com dificuldades financeiras e teve de contrair um empréstimo junto da banca comercial no valor de 2,7 milhões de euros, para cobrir os custos pendentes das eleições.  A União Africana alertou esta sexta-feira, 27 de Maio, que África não pode tornar-se num campo de "batalha geoestratégica" numa altura em que a Rússia e a Ucrânia rivalizam pela influência no continente. O aviso surge numa altura em que o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia está num périplo pelo continente africano e pediu apoio para Kiev face a Moscovo. Na quinta-feira, o responsável pela diplomacia ucraniana sugeriu a adopção de "uma primeira estratégia africana". Na sexta-feira, o ministro dos Negócios Estrangeiros está em Moçambique e convidou o Presidente moçambicano e a ministra dos Negócios Estrangeiros a visitarem a Ucrânia. Em Angola, o Sindicato dos Professores do Ensino Superior decidiu suspende
26/05/20239 minutes 50 seconds
Episode Artwork

Guiné-Bissau de olhos postos na campanha rumo às legislativas

Bem-vindos a mais uma semana em África. Na Guiné-Bissau, está a decorrer, desde o fim-de-semana passado, a campanha eleitoral rumo às eleições legislativas de 04 de Junho. As autoridades guineenses estabeleceram novas regras sobre o desenrolar da campanha, que acontece até ao próximo dia 02 de Junho. Foram estipulados horários para a realização das acções de campanha e a obrigação da comunicação prévia sobre os locais em que as mesmas irão decorrer. Ainda na Guiné-Bissau, o líder do PAIGC acusou as autoridades guineenses de terem transformado o seu regresso a Bissau num momento de confrontação, com bloqueios que impediram o partido e os militantes de se deslocarem livremente às várias artérias da capital. Domingos Simões Pereira fala em “atitude inaceitável” e avisa que apesar do partido “não querer violência" está determinado a "defender os seus direitos e liberdades”. O Presidente guineense apelou, entretanto, esta quarta-feira, ao civismo e a um tratamento igual de todos os part
19/05/20238 minutes 6 seconds
Episode Artwork

Guiné-Bissau rumo às eleições legislativas de 4 de Junho

Na Guiné-Bissau, as eleições estão a agitar a actualidade, com o Presidente Umaro Sissoco Embaló pediu às 22 listas candidatas que espera que as eleições decorram "sem violência", mas a sociedade civil avisou que período pré-eleitoral decorre em clima de "suspeição". Na actualidade africana desta semana, soube-se que as eleições legislativas na Guiné-Bissau vão contar com 22 listas concorrentes, com o PAIGC a poder concorrer em coligação. Com a campanha eleitoral a começar hoje, o Presidente Umaro Sissoco Embaló disse que a justiça vai agir no caso de Fransual Dias, cuja casa foi atacada a tiro, e pediu ainda que a campanha decorre “de uma forma cívica e sem violência”. Neste período pré-eleitoral, Fodé Mané, presidente da Rede de Defensores dos Direitos Humanos, disse em entrevista à RFI que se vive um clima de suspeição no país.
12/05/20239 minutes 48 seconds
Episode Artwork

Sudão: Estudantes lusófonos regressam a casa

No Sudão, os combates prosseguem apesar do cessar-fogo e das ameaças norte-americanas. Os  trabalhadores humanitários no Sudão têm pressa em socorrer as vítimas deste conflito, que opõe os dois generais. Pelo menos 700 pessoas perderam a vida e mais de 5.000 ficaram feridas, de acordo com um relatório provisório. Esta semana fica marcada pelo regresso dos estudantes lusófonos a Angola, Guiné-Bissau e Moçambique. Esta semana fica marcada pelo regresso de 22 estudantes moçambicanos que se encontravam no Sudão. O sentimento é de alívio por terem chegado a Moçambique, depois de dias debaixo de fogo cruzado. Deixar o Sudão foi quase uma missão impossível, descreveu Nuro Alfredo. Os nove estudantes guineenses também chegaram a Bissau, depois de uma paragem no Senegal. Malam Indjai, porta-voz dos jovens estudantes explicou-nos como conseguiram sair do Sudão. Também os dez estudantes angolanos que estavam a estudar em Cartum chegaram a Luanda. O representante dos estudantes angolanos, Roqu
05/05/20238 minutes 2 seconds
Episode Artwork

União Africana insta Comunidade Internacional a apoiar o Sudão

Esta semana, o presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, apelou à comunidade internacional para ajudar os civis que fogem do conflito. Em Angola, o novo balanço das intensas chuvas que atingiram o país, nos últimos oito meses, aponta para mais de 300 mortos e na Guiné-Bissau mais de 890 mil eleitores foram recenseados para as eleições legislativas de 04 de Junho. 
28/04/20238 minutes 40 seconds
Episode Artwork

Apelos ao cessar-fogo não travam confrontos no Sudão

A semana foi dominada pela persistência dos combates no Sudão que fizeram mais de 400 mortos e 3.500 feridos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Ao largo de Cabo Verde, uma carga de petróleo russo foi trocada entre navios, num contexto de sanções internacionais contra a Rússia. Em Angola, as chuvas na província de Luanda provocaram, pelo menos, seis mortos. Em Moçambique, um relatório alerta que o país continua a ser usado como “corredor de tráfico internacional de droga”. 
21/04/20239 minutes 56 seconds
Episode Artwork

Semana em que Angola se despediu do Padre Congo

Semana em que Angola se despediu do Padre Congo. Em França, esteve, esta semana, o ministro da cultura da Guiné-Bissau com a relação Europa-África na bagagem. Semana em que em Moçambique foi dado o pontapé de saída para a campanha de educação cívica eleitoral rumo às autárquicas de Outubro.  Em Cabo Verde, esta semana, o Governo anunciou a aquisição de quatro barcos para resolver o problema de transporte marítimo inter ilhas. Esta semana, ficamos a saber que em São Tomé e Príncipe cerca de 30 mil pessoas estariam em situação de pobreza extrema. Confira aqui o magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias sobre o continente africano que marcaram as nossas antenas.
14/04/202312 minutes 5 seconds
Episode Artwork

Semana marcada pelo luto nacional em Cabo Verde

Cabo Verde viveu dois dias de luto nacional depois da morte de oito militares e um civil no acidente a caminho do combate ao incêndio na Serra da Malagueta. Na Guiné-Bissau, os partidos formalizaram as candidaturas às legislativas de 4 de Junho, numa altura em que há populações a abandonar aldeias devido à falta de água potável. Em São Tomé e Príncipe, o estado de saúde de Lucas Lima preocupa activistas e no Uganda a penalização da homossexualidade está a preocupar dentro e fora de fronteiras. Em Cabo Verde, o início da semana foi marcada por dois dias de luto nacional na sequência da morte de 8 militares e um civil num acidente a caminho do combate ao incêndio na Serra da Malagueta, na ilha de Santiago. O acidente levantou o debate sobre a abolição do serviço militar obrigatório. O primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva afirma que este não é o momento de o fazer, ideia partilhada também pelo Presidente da República, José Maria Neves que defende uma avaliação serena. Em Angola,
07/04/202311 minutes 47 seconds
Episode Artwork

Semana em que o silêncio foi arma de protesto em Angola

Semana em o silêncio foi arma de protesto em Angola. Semana em que assinalou o dia da mulher cabo-verdiana. Semana em que São Tomé e Príncipe debateu políticas para mitigar os efeitos das alterações climáticas. Semana em que Moçambique aprovou, apenas com os votos da Frelimo e abandono da oposição, a nova Lei Eleitoral. Semana em que pela primeira vez, a Guiné-Bissau acolheu o exercício Felino, um exercício militar dos países lusófonos. Confira aqui o magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias sobre o continente africano que marcaram as nossas antenas.
31/03/20237 minutes 53 seconds
Episode Artwork

Presidente moçambicano quebrou silêncio quanto à violência da polícia

Em Moçambique,  o chefe de estado e comandante-chefe das forças de defesa e segurança Filipe Nyusi, ordenou o Ministério do Interior para averiguar as motivações da violência policial contra jovens que saíram a rua em Maputo para homenagear o músico Azagaia. Em Maputo, a polícia usou gás lacrimogénio e disparou balas de borrachas contra cidadãos. A repressão violenta das manifestações da semana passada em homenagem a Azagaia continua a suscitar esta semana reacções de repudio dentro e fora do país. Em resposta às acusações de abusos, o vice-comandante geral da Polícia da Republica de Moçambique (PRM), Fernando Tsucana, disse que as forças da ordem intervieram num contexto de "fortes indícios de transição de uma manifestação pacífica para violenta".  O  presidente da Assembleia Municipal da Beira e membro do Movimento Democrático de Moçambique, Em Moçambique, Ricardo Lang, que foi detido no domingo quando estava a juntar-se à marcha de homenagem ao rapper Azagaia, nega qualquer tent
24/03/20238 minutes 23 seconds
Episode Artwork

Moçambique: Ciclone Freddy devastou região de Quelimane

De acordo com as autoridades provinciais da Zambézia está a ser registado um surto de cólera que provocou seis mortos desde quarta-feir, em Quelimane, capital provincial, onde foram confirmados mais de cem casos.  O Ministro moçambicano da Saúde, Armindo Tiago, anunciou que estão ser tomadas medidas para monitorar a situação na capital desta província que foi uma das zonas mais devastadas pelo ciclone Freddy, com um balanço de 66 mortes na semana passada.  Em Moçambique, a actual época chuvosa já tirou a vida a perto de 200 pessoas. Um número que aumentou consideravelmente com a passagem, pelo segunda vez, do ciclone Freddy na região de Quelimane. Numa deslocação às localidades afectadas, o Presidente do país Filipe Nyusi anunciou a criação de uma nova comissão técnico-científica ligada às alterações climáticas. Carlos Lima, professor de geografia e director da Faculdade de Educação da Universidade Licungo, em Quelimane na província da Zambézia, admite que há um sério risco de agr
17/03/20238 minutes 27 seconds
Episode Artwork

Semana da morte de Azagaia

Confira aqui o magazine Semana em África, espaço onde fazemos um apanhado das notícias sobre o continente africano que marcaram as nossas antenas. Semana em se assinalou o dia internacional dos direitos da mulher e semana em que a cena musical moçambicana ficou mais pobre com a morte de Azagaia.  Da Guiné-Bissau a notícia de mexidas governamentais e também de greves na saúde e educação. Semana de júbilo para Cabo Verde com a película “Omi Nobu” de Yuri Ceunick, a ser premiado no Fespaco 2023 no Burkina Faso. Semana em que o representante do FMI em Angola, Marcos Rietti Souto, se mostrou optimista quanto às projecções económicas para o país.  Semana de retoma da ligação marítima entre as duas ilhas de São Tomé e Príncipe. Semana em que novo cessar-fogo previsto para a RDC voltou a não ser respeitado e semana de suspensão do acordo de parceria entre Banco Mundial e a Tunísia, na sequência da crise em torno dos migrantes subsaarianos
10/03/202312 minutes 52 seconds
Episode Artwork

A semana em que o Presidente francês efectuou uma digressão em África

Esta semana foi marcada pela visita de Emmanuel Macron ao continente Africano com etapas no Gabão, Angola, Congo Brazzaville e RDC. Também foi notícia a crise institucional da justiça em Angola, as consequências da passagem da tempestade Freddy no centro de Moçambique, as expectativas suscitadas em São Tomé e Príncipe pelo relatório da CEEAC sobre os acontecimentos de 25 de Novembro e ainda os 3 anos de Umaro Sissoco Embalo no poder na Guiné-Bissau.
03/03/202313 minutes 29 seconds
Episode Artwork

União Africana quer intensificar trocas comerciais africanas e populações festejam Carnaval

A atualidade desta semana em África foi marcada pela 36° Cimeira da União Africana, pelas chuvas mortíferas em Moçambique e pelas festividades do Carnaval em Cabo Verde, em Angola e na Guiné Bissau.    Zona de comércio livre, sistema de sanções e alterações climáticas na União Africana  Em 2023, a União Africana quer acelerar a criação de uma Zona de Comércio Livre em África que permita a todos os países do continente intensificarem as suas trocas comercias com taxas mais baixas e, nalguns casos, sem quaisquer taxas para os produtos produzidos e consumidos nesta região do Mundo. Victor Fernandes, ministro da Indústria e Comércio de Angola, fez parte das negociações que decorreram na Cimeira da União Africana, em Addis Abeba, e reconheceu, em declarações à nossa enviada especial Catarina Falcão, que o acordo para esta aceleração por parte dos chefes de Estado foi "muito importante", mas que se trata de uma verdadeira maratona. "A semelhança do que aconteceu noutras zonas e blocos c
24/02/202310 minutes 24 seconds
Episode Artwork

A semana em que os dirigentes africanos convergiram para Addis Abeba

Esta semana foi marcada pelos encontros preparatórios para a Cimeira da União Africana este sábado e domingo em Addis Abeba, o conflito na RDC e a segurança alimentar tendo sido alguns dos assuntos evocados. Também durante estes últimos dias, Moçambique lutou contra as cheias que provocaram uma dezena de mortos no sul do seu território. Enquanto isso, em Cabo Verde, estalou a polémica, depois de o MPD, no poder, acusar o PAICV, na oposição, de ter desviado fundos do programa "Casa para todos".  Neste recapitulativo da Semana em África, focamos o nosso olhar sobre Addis Abeba, onde ao longo da semana decorreram uma série de encontros preparatórios à cimeira de chefes de Estado e de governo da União Africana. Durante a sessão de abertura do Conselho Executivo da União Africana a meio da semana, Aissata Tall Sall, chefe da diplomacia do Senegal que assegura actualmente a presidência da União africana, lembrou os desafios enfrentados actualmente pelo continente. Nesta sexta-feira, o Pr
17/02/202314 minutes 43 seconds
Episode Artwork

Reis de Espanha em Angola para reforçar cooperação

Esta semana fica marcada pela visita dos reis de Espanha a Angola. Em Luanda, os monarcas foram recebidos pelo Presidente João Lourenço, inauguraram uma exposição do pintor catalão Joan Miró e participaram no fórum empresarial bilateral. Em Moçambique, o mau tempo que se faz sentir na província de Maputo já fez pelo menos quatro mortos. A Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos alerta para o perigo de cerca de 24 mil pessoas dos distritos da Manhiça poderem ser afectadas por cheias. A petrolífera francesaTotalEnergies encarregou Jean Christophe Rufin, escritor e antigo diplomata francês, de avaliar a situação de segurança em Cabo Delgado, no norte de Moçambique. O especialista em direitos humanos deverá produzir, até final do mês, um relatório para decidir se há ou não condições para se retomar a construção da fábrica de gás liquefeito, na bacia do Rovuma. Fátima Mimbire, activista social com análises no sector da indústria extractiva, aponta alguns riscos na tomada desta
11/02/20238 minutes 26 seconds
Episode Artwork

Papa Francisco visita República Democrática do Congo e Sudão do Sul

Esta semana fica marcada pela visita do Papa Francisco à República Democrática do Congo e ao Sudão do Sul. Na República Democrática do Congo, o Papa celebrou uma missa num aeroporto de Kinshasa, avistou-se com presidente Félix Tshisekédi e denunciou o suposto "colonialismo económico".  Depois de três dias de visita à RDC, o Papa Francisco está em Juba, capital sul-sudanesa, este domingo. O Papa Francisco começou ontem a primeira visita ao Sudão do Sul país minado pela guerra civil pouco depois da independência em 2011 e que apesar de encetar um processo de paz e de transição política em 2020, vive uma situação precária. Em Moçambique, os ataques a carros moçambicanos na África do Sul estão a traumatizar os viajantes. Mamad Bachir é moçambicano, o seu carro foi incendiado no sábado no KwaZulu Natal, na África do Sul. À agência Lusa ele testemunhou do traumatismo da ocorrência para si e, sobretudo, para os seus filhos menores. Os governos de Moçambique e da África do Sul procuram sol
03/02/20238 minutes 32 seconds
Episode Artwork

Ministro russo tenta encontrar aliados em África

Serguei Lavrov fez um périplo por África esta semana tendo passado pela África do Sul, Angola, Botsuana e Essuatíni. Em Angola, Tete António, ministro das Relações Exteriores, alertou para os perigos do conflito entre a Rússia e a Ucrânia para todo o Mundo. Nos dois meses da tentativa de golpe de Estado em São Tomé e Príncipe, a família de um dos acusados, acusa os militares de intimidação. Esta semana em África abriu com festa, com a Selecção moçambicana de futebol a alcançar um feito histórico no CHAN, Campeonato Africano Interno de Futebol, e a qualificar-se pela primeira vez para os quartos-de-final da prova. Tanto o treinador, Chiquinho Conde, como o guarda-redes, Fazito, que substituiu o titular Ivan, não conseguiram disfarçar a satisfação por este feito. Moçambique joga agora neste sábado contra Madagáscar para permanecer no Campeonato Africano Interno de futebol Entretanto, a visita de Lavrov à África do Sul veio mostrar que estes dois países estão cada vez mais próximos,
27/01/20238 minutes 28 seconds
Episode Artwork

Moçambique: soldados da SADC postos em causa e Angola reforça relações com China

Bem vindos ao Semana em Africa deste sábado dia 14 de Janeiro de 2023. Começamos o recapitulativo da actualidade em Cabo Verde, onde o Governo avança com a atribuição de nacionalidade aos descendentes de cabo-verdianos residentes nos países africanos. O processo, gratuito, decorre até 31 de Dezembro de 2023.    Em São Tomé e Príncipe o procurador-geral da República garantiu, no sábado 7 de Janeiro, que as investigações ao ataque ao quartel militar a 25 de novembro decorrem “em muito bom ritmo”. Kelve Nobre de Carvalho, o procurador geral da República sublinhou a "ajuda fundamental de Portugal", em declaraçoes aos jornalistas, depois de um encontro com o primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada. No entanto, uns dias depois, sete partidos da oposição são-tomense, dois dos quais com assento parlamentar decidiram submeter uma moção de censura ao Governo de Patrice Trovoada. As forças partidárias querem que o primeiro-ministro vá ao Parlamento falar sobre o ataque ao quartel-mi
13/01/202312 minutes 9 seconds
Episode Artwork

Moçambique já é membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU

Esta semana, Moçambique assumiu o cargo de membro não permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas. Na Guiné-Bissau, a Liga dos Direitos Humanos denunciou o rapto e o espancamento do comerciante Ussumane Baldé, enquanto manifestantes pediram a salvaguarda do Parque Mbatonha. São Tomé e Príncipe deverá assumir, em Julho, a próxima presidência rotativa da CPLP e o Serviço de Investigação Criminal de Angola abriu inquérito sobre denúncias de tráfico de droga no seio do serviço. Oiça aqui.
06/01/20239 minutes 45 seconds
Episode Artwork

A última semana de 2022 marcada por um novo arresto de bens de Isabel dos Santos

A actualidade desta semana foi marcada por um novo arresto dos bens da empresária Isabel dos Santos decidido pelo Tribunal Supremo de Angola. Em destaque também esteve o choque provocado na opinião pública de Moçambique pelo resgate do corpot já sem vida de um empresário raptado dias antes nos arredores de Maputo. Foi igualmente notícia a decisão de o governo são-tomense de aumentar o preço dos combustíveis, perante um novo ano que se anuncia economicamente delicado.
30/12/202211 minutes 36 seconds
Episode Artwork

Recenseamento eleitoral polémico na Guiné Bissau e criminalidade crescente em Cabo Verde

Esta semana na actualidade africana ficou marcada pelo recenseamento eleitoral polémico na Guiné Bissau e também pela criminalidade crescente em Cabo Verde, assim como a reunião dos chefes das forças militares dos vários países da CEDEAO em Bissau. O início da semana em Africa ficou marcado pela questão da luta contra o terrorismo, com a reunião dos chefes das Forças Armadas da CEDEAO, em Bissau, na segunda-feira dia 19 de dezembro. Foi debatida a criação de uma Força da CEDEAO, para lutar também contra os golpes de Estado. As recomendações do encontro entre os 15 países da organização regional devem ser entregues ainda este mês para uma tomada de decisão.  Em Moçambique, a reconstrucção de Cabo Delgado está a ser muito demorada. As infraestructuras sociais e económicas, degradadas pelos ataques terroristas, não foram totalmente reconstruídas, apesar de algumas populações estarem já de regresso às suas aldeias.  Em Sao Tomé e Princípe, cerca de um mês depois da alegada tentativa d
24/12/20227 minutes 12 seconds
Episode Artwork

São Tomé e Príncipe permanece na incompreensão após o ataque do 25 de Novembro

Esta semana, continuou a estar em destaque a situação em São Tomé e Príncipe que permanece em estado de choque depois do assalto contra o seu quartel militar no passado dia 25 de Novembro que resultou na tortura e morte de 4 pessoas. Também foi notícia a marcação das legislativas antecipadas da Guiné-Bissau para o dia 4 de Junho de 2023, bem como a realização da segunda cimeira EUA-África esta semana em Washington.
16/12/202212 minutes 56 seconds
Episode Artwork

Sentença das Dívidas Ocultas em Moçambique e troca de acusações em São Tomé e Príncipe

Esta semana foi marcada pela leitura da sentença do caso das Dívidas Ocultas em Moçambique, mas também pelas contínuas trocas de acusações em torno do ataque ao quartel-general das Forças Armadas de São Tomé e Príncipe a 25 de Novembro. Destaque, também, para Angola que passou a assumir a presidência da Organização de Estados de África, Caraíbas e Pacífico. Oiça aqui os principais temas da semana.
09/12/202211 minutes 54 seconds
Episode Artwork

São Tomé e Príncipe tem novo chefe das Forças Armadas

Em São Tomé e Príncipe, há novo Chefe do Estado-Maior-General d​as Forças Armadas, depois de o anterior se ter demitido na sequência do ataque ao quartel-general a 25 de Novembro e das mortes ainda por explicar de quatro pessoas que estavam detidas. Em Angola, a PGR promete avançar com o processo contra Isabel dos Santos e a empresária diz ser alvo de "perseguição política". Estes foram alguns dos temas a marcarem a semana, mas neste programa vamos também até Moçambique e Cabo Verde.
02/12/202215 minutes 48 seconds
Episode Artwork

São Tomé e Príncipe: Patrice Trovoada denuncia "tentativa de golpe"

O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, denunciou uma "tentativa de golpe" no país "a mando de algumas personalidades" e indicou que foram detidas "algumas pessoas", nomeadamente Delfim Neves, o ex-presidente da Assembleia Nacional. Em Angola, destaque para o acordo assinado em Luanda a exigir o fim dos ataques do M23 contra as Forças Armadas da República Democrática do Congo e a Missão das ONU. Neste programa, oiça o resto dos temas que marcaram a semana.
25/11/202211 minutes 40 seconds
Episode Artwork

Novo governo em São Tomé e Príncipe e rebeldes na RDC multiplicam ataques

Em São Tomé a semana foi marcada pela tomada de posse de um novo governo, liderado por Patrice Trovoada. Na RDC, os conflitos entre o exército congolês e os rebeldes do M23 continuam e o presidente angolano João Lourenço organiza, na segunda-feira 21 de novembro, uma reunião com vista à resolução do conflito. O executivo de Patrice Trovoada, em São Tomé e Príncipe, impôs medidas de redução de despesas, em plena crise financeira.  Na República democrática do Congo, onde Ruanda é acusado de financiar o movimento rebelde M23, o conflito intensifica-se. No passado sábado, os primeiros soldados do Qénia chegáram a esta região a leste da RDC.  Moçambique deu início à exportação do gás natural a partir da bacia do Rovuma. O presidente Filipe Nyiusi anunciou a partida do primeiro navio de exportação de gás, produzido na usina offshore Coral Sulnavio, gerida por uma empresa italiana.  A cimeira do clima, em Sharm el Sheik, no Egito, foi prolongada, pelo menos até sábado dia 19 de novembro
18/11/20228 minutes 19 seconds
Episode Artwork

Sissoco Embaló em Paris para falar de conflitos internacionais

Termina este sábado, 12 de Novembro, em Paris, o quinto Fórum Mundial para a Paz. A Guiné-Bissau foi o único país lusófono a participar na conferencia internacional, dedicada este ano às crises multidimensionais – da pandemia ao aquecimento global, incluindo a guerra na Ucrânia e o problema dos refugiados. O chefe de Estado Umaro Sissoco Embaló participou, ao lado do Presidente Emmanuel Macron, no painel consagrado ao tema: "Universalismo em tempo de guerra". A ministra guineense dos Negócios Estrangeiros, Suzi Barbosa, refere que este convite é o reconhecimento da Guiné-Bissau como país mediador de conflitos internacionais. Ainda sobre a Guiné-Bissau, o ministro da Administração Territorial, Fernando Gomes, anunciou esta quinta-feira que o recenseamento eleitoral com vista as legislativas antecipadas, ainda sem data marcada, vão iniciar no próximo dia 10 de Dezembro. Em São Tomé e Príncipe, o líder da Acção Democrática Independente, Patrice Trovoada, toma posse esta sexta-feira c
14/11/20227 minutes 56 seconds
Episode Artwork

Tensões crescentes entre RDC e Ruanda

Esta semana, o Quénia anunciou o envio de soldados para o leste da República Democrática do Congo para apoiar o exército de Kinshasa contra a rebelião do M23, numa altura em que a tensão é crescente entre a RDC e o Ruanda. Neste programa, destaque também para um novo ataque em Cabo Delgado e para a polémica que continua na autarquia cabo-verdiana de São Vicente.
04/11/20228 minutes 14 seconds
Episode Artwork

Umaro Sissoco Embaló levou "mensagem de paz" à Ucrânia e à Rússia

A actualidade desta semana ficou marcada pela visita do Presidente guineense à Rússia e à Ucrânia. À chegada a Bissau, Umaro Sissoco Embaló fez um balanço positivo desta deslocação. Ainda na Guiné-Bissau, a data das eleições legislativas antecipadas gerou confusão no país. A data fixada inicialmente seria 18 de Dezembro, mas, na semana passada, os actores políticos guineenses tinham alegadamente chegado a acordo para adiá-las para 23 de Abril. Entretanto, surgiu outra data em cima da mesa: uma data a partir de 14 de Maio, devido ao período de Ramadão. O Presidente guineense, Umaro Sissoco Embaló, disse também à chegada a Bissau que desconhecia a proposta para que as eleições aconteçam após 14 de Maio e que continua na lógica de 18 de Dezembro. Esta posição foi também reiterada por Soares Sambú, vice-primeiro ministro guineense, em entrevista à RFI. Ainda sobre a Guiné-Bissau, o chefe de Estado nomeou o general Sandji Fati como ministro do Interior e extinguiu a secretaria de Estad
29/10/20229 minutes 26 seconds
Episode Artwork

Presidente cabo-verdiano termina primeira visita oficial à Guiné-Bissau

Bem-vindos a mais uma Semana em África. Começamos este recapitulativo da semana com a primeira visita do Presidente cabo-verdiano, José Maria Neves, à Guiné-Bissau. O objectivo desta deslocação que termina hoje é o reforço da cooperação bilateral. Na Guiné-Bissau, foi encontrado um conjunto de ossadas humanas num terreno junto ao quartel de Cumeré, nos arredores da capital. A notícia foi confirmada depois de um líder partidário guineense ter denunciado a descoberta de uma vala comum. Entretanto, foi também anunciado esta semana que as eleições legislativas vão ter lugar no próximo dia 23 de Abril. Ainda na Guiné-Bissau, houve uma paralisação de uma semana nos sectores da Saúde e Educação. Entretanto, a Frente Social depositou um novo pré-aviso de greve, cujo início está marcado para o próximo dia 7 de Novembro. Os grevistas exigem o levantamento das suspensões aos técnicos de saúde e educação, pagamento de atrasados salariais, reclassificação e efectivação. Também no decorrer dos
23/10/202212 minutes 22 seconds